sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Canibais aceitam a Cristo e abandonam antigos rituais

Existe um grupo de pessoas que vive no leste da Ásia do Sudeste, cujo nome significa “povo do vale do sol”. Os Ketning são conhecidos por praticar canibalismo, exercício de magia negra, participação em assassinatos por vingança, venerando antepassados e participando de animismo.

No entanto, existem mais de 15 mil Ketning têm uma notável história de transformação, pelo Evangelho, com a ajuda da empresa de sementes.

Os primeiros esforços entre os evangélicos começaram Ketengban em meados dos anos 70. O povo recebeu o primeiro Novo Testamento em 1983. Hoje, cerca de 75% são cristãos, porque a Palavra de Deus tornou-se acessível a eles. Agora, não existem práticas animistas, sincretismo em sua comunidade.

Mas, tornou-se cada vez mais evidente que esses novos cristãos precisam do Antigo Testamento para compreender o contexto do Novo Testamento e se aprofundar no estudo da Palavra de Deus.

Em 2008, os pastores começaram a pedir ajuda na tradução de trechos mais importantes do Velho Testamento. A parceria com ministérios estabeleceu novas instalações para este trabalho.

Como resultado, a equipe completou as partes finais de diversos livros do Velho Testamento, e espera concluir todo o projeto em 2013. Eles também fizeram grandes avanços no culto e terminou recentemente a tradução dos hinos no idioma Ketning.

Fonte: O Verbo / CPAD News / Gospel Prime

2 comentários:

AZAZ disse...

oooorraaa manoooo!!!!


Q massa!!



E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim. (mt 24.14)

LUK_AMEIACINCOGANG! disse...

CHEGOU O TEMPO !